quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Drogas? Diga NÃO.

O mundo em que vivemos é cheio de modismos; A moda da vez são os entorpecentes: Maconha, Lança-Perfume, LSD, Êxtase, Crack, enfim varias drogas que atingem a população em geral, sem se importar com a classe social ou idade a droga vem consumindo jovens, adultos ou até mesmo crianças.
Entrar no mundo das drogas é assinar a sua sentença, se você não estiver preparado em pouco tempo estará morto, se houver força de vontade em algum momento poderá se recuperar mas caso o contrario são poucas as chances de sobrevivência.
Um jovem viciado sobre o efeito de drogas é capaz de roubar para sustentar seu vicio, começando por pequenos furtos em casa e em outros casos se estendendo a outros delitos, a droga também tem o poder de deixa-los tão alterados ao ponto de matar a própria mãe caso sejam contrariados, cada droga traz um efeito diferente mas, todas te levam pra mais perto da morte.
Nos últimos tempos a noticia que mais vejo nos tele-jornais são: ”Em desespero mãe acorrenta filho viciado em Crack” Geralmente esses filhos já estão jurados de morte e elas fazem isso pra que eles não venham a morrer na mão de traficantes; só que a mídia deturpe as coisas e a justiça também acaba condenando as mães por carcere privado, sem ao menos tentar entender que naquele momento de desespero aquela parecia ser sua unica saída, Nesses casos em que a mãe acaba sendo indiciada por tentar de certa forma apenas proteger seu filhos, alguns são contra a atitude enquanto outros são totalmente a favor, eu consigo notar o quão desesperador é passar por isso, os olhares aflitos e os corpos cansados delas já me dizem tudo, eu as apoio e acredito que qualquer mão no lugar delas e sem as devidas condições fariam o mesmo, já as autoridades não pensam nisso e não imaginam como deve ser doloroso para essas mães ter que acorrentar seus filhos, eles não entendem que ela só fazem isso por não ter outras soluções cabíveis, afinal a sociedade não tem lugares capacitados que façam essa Desintoxicação e quando tem pessoas pobres não conseguem pagar o tratamento e por isso as mães acabam optando por acorrentar os filhos que nem sempre admitem estar viciados e em alguns casos não aceitam de forma alguma essa ajuda.
Hoje são tantas novas drogas que a maconha que antes era tão comentada virou fichinha agora é como se fosse comum usar a maconha ou até ter um pé da droga em casa afinal não é crime contanto que seja para uso próprio (Risos) E mais uma vez a lei colabora com o usuário, é como se de um dia para o outro as pessoas fechassem seus olhos para o lado mais carente da população quando o que eles mais querem é atenção ou até mesmo ajuda.
Não sabemos ao certo o porquê de tantos jovens aderirem a “moda” e passar a usar a droga, talvez seja um ato de quem não tem opinião e vai aceitando o que lhe oferecem ou usam para se esconder dos problemas o que não dá certo afinal só agrava mais ainda.
Os jovens e adultos não são mais crianças para termos que ficar alertando não faz isso, não faz aquilo, afinal nessa idade já sabemos o que é certo ou errado eles não precisam mais de conscientização, já as crianças precisam; Nas escolas deveriam ter campanhas para ajudar os alunos usuários e para ensinar para quem não usa o quão duro é a vida de um dependente, afinal devemos se preocupar em ensinar a criança a não entrar nessa vida para que depois ela não vire mais uma nas estatísticas.
O mundo das drogas é um ciclo viciante: Tem garotas, por exemplo, que se entregam a prostituição para sustentar seus vícios, ficam grávidas e mesmo assim continuam a usar a droga desse jeito acabam viciando o próprio feto que geralmente morre, e quando não, fica cheio de sequelas e limitações o resto da vida, mas quem disse que essas supostas “mães” estão ligando para isso, elas os abandonam às vezes no próprio hospital, também tem aquelas que abortam já no começo para não ter que se preocupar depois.
Por fim concluo que só conscientizar é muito pouco, o jovem deve ter acompanhamento psicológico nas escolas e deveria ser feito mais clinicas de desintoxicação que recebesse não só quem tem como pagar, mas também pessoas sem condições para que de uma vez acabe essa praga que mata cada vez mais milhares de jovens.

(texto escrito por mim dia  09/04/2010 na aula da prof° Carina)





Perguntinhas

Qual a sua opinião a respeito das drogas? 
você já usou?porque? 
Qual o primeiro passo para largar as drogas? 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse. Este espaço é todo seu!
Obrigado pela visita e volte mais vezes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...