domingo, 25 de setembro de 2011

Pra você que se foi sem avisar

Oie pequena você esta bem?

Lhe escrevo para tentar obter noticias suas afinal já faz alguns messes que perdemos o contato e me angustia não saber se estas bem ou não.

Como deves saber pequena eu sinto falta do tempo em que nos falávamos,em que eramos amigas,eu sinto falta do tempo em que secava tuas lagrimas e lhe dizia palavras de conforto,eu tenho medo de que você continue se maltratando como sempre fez,você não imagina o quão mal me senti quando você me confessou que se auto-mutilar era uma válvula de escape,que lhe fazia bem e que assim esquecia os seus problemas.Ei pequena eu queria tanto saber se você ainda age assim ou se agora que me afastei as coisas melhoraram,tenho vontade de lhe perguntar um milhão de coisas,de lhe abraçar um zilhão de vezes,de lhe ouvir ou ao menos poder lhe ver assim de longe.

Sabe pequena semana passada eu fui até a sua janela e gritei teu nome foi um momento de desespero,a saudade gritou mais alto que o meu orgulho e eu resolvi lhe procurar,você não apareceu nem na janela e isso piorou minha situação afinal me senti um monstro já que foges tanto de mim,bem pequena eu gostaria de dividir certas coisas com você mas já que você prefere que eu fique longe eu ficarei,sei que jamais lerá esta carta,porque desta vez não a mostrarei não quero que você judie de mim e deboche dos meus sentimentos como das outras vezes,essa carta ficara guardada em um canto do meu coração,esquecida em um pedaço falho de minha memoria e jogada as traças em um lixo qualquer desta cidade,qualquer lugar sera melhor do que ai com você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse. Este espaço é todo seu!
Obrigado pela visita e volte mais vezes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...